Romero Britto

sexta-feira, 21 de setembro de 2012


Romero Britto (1963) é um famoso pintor e artista plástico brasileiro. Radicado em Miami, nos EUA, ficou conhecido pelo seu estilo alegre e colorido, por apresentar uma arte pop, despojada da estética clássica e tradicional. É considerado um dos artistas mais prestigiados pelas celebridades americanas e o pintor brasileiro mais bem sucedido fora do Brasil.


Tarsila do Amaral

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

As turmas 301 e 302 das professoras Marcia e Elizangela fizeram uma releitura do quadro Abaporu da pintora Tarsila do Amaral.
Este é o quadro mais importante já produzido no Brasil. Tarsila pintou o quadro para dar de presente para o escritor Oswald de Andrade, seu marido na época.
Quando viu a tela, assustou-se e chamou seu amigo, o também escritor Raul Bopp. Ficaram olhando aquele figura estranha e acharam que ela representava algo de excepcional. Tarsila lembrou-se então de seu dicionário tipi-guarani e batizaram o quadro como Abaporu (o homem que comem).


Projetos Trilhas

sexta-feira, 14 de setembro de 2012






Cantilena Ensemble faz concerto no Teatro Municipal

O quinteto de cordas Cantilena Ensemble se apresenta na próxima quinta-feira, 13, às 20h, no Teatro Municipal, com entrada franca. Antes, porém, o grupo proporciona aos alunos da rede municipal de ensino, um concerto didático, às 15h. A iniciativa é do governo municipal, através da Secretaria de Cultura, com apoio do Ministério da Cultura e da ArtInvest. O concerto tem como tema “A História do Brasil através da música”.
A orquestra de câmara Cantilena Ensemble é formada por nove músicos com ampla experiência no cenário da música erudita do país. O grupo paulistano foi fundado em 2006 pela violinista Maria Fernanda Krug e ao longo desses anos de existência já se apresentou em mais de 20 cidades do interior do Estado de São Paulo, na capital paulista, além dos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais. Em 2011, participou do Festival de Música Brasileira de Toronto, no Canadá.
Durante a apresentação da orquestra de câmara, que será de aproximadamente 60 minutos, haverá uma projeção mostrando imagens que remetem a cada um dos períodos históricos, por meio de fotos de artes plásticas, imagens da arquitetura de cada período, filmes curtos que retratam a época, etc. Além disso, para cada período, serão ressaltados nas projeções acontecimentos importantes no Brasil.
No decorrer de cada concerto será projetado em um telão o vídeo “História do Brasil através da Música”, procurando situar o período histórico das músicas dos períodos barroco, clássico, romântico, contemporâneo e nacionalista.
Nos intervalos das obras executadas, o jornalista e crítico musical Irineu Franco Perpétuo fará uma exposição procurando estabelecer maior ligação entre cada um dos períodos musicais, apresentando características particulares das partituras musicais.
Tanto a apresentação musical, quanto as intervenções explicativas do jornalista e a projeção de imagens têm o objetivo de contextualizar a atividade cultural proposta. O público leigo será bem acolhido, encontrando diversas possibilidades para familiarizar-se com a música erudita, por meio da própria apresentação musical, das imagens históricas ou dos esclarecimentos pontuais apresentados pelo jornalista Irineu Franco Perpétuo. LIVRE (menores de 18 anos acompanhados dos pais ou responsáveis)







"GUERNICA", DE PICASSO, INSPIRA ALUNOS DO 1º ANO


Trabalho maravilhoso realizada pela professora Dilene com as turmas 101 e 102 inspirado no quadro “GUERNICA” de Picasso. Desconstruir para construir: sentimentos são expressos em imagens.


ALEIJADINHO


Aleijadinho (Antônio Francisco Lisboa) nasceu em Vila Rica no
ano de 1730 (não há registros oficiais sobre esta data). Era filho de uma escrava com um mestre-de-obras português. Iniciou sua vida artística ainda na infância, observando o trabalho de seu pai que também era entalhador.
Após conhecerem um pouco da vida e da obra de Aleijadinho a turma 502 da professora Vanessa confeccionou em argila a escultura do anjo baseada na obra de Aleijadinho.



Cidadão Nota 10!

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Quanto mais o município arrecada, mais a Educação ganha.
Exija sempre a nota fiscal. 
A cada real recolhido em impostos pelo município,

R$ 0,25 (vinte e cinco centavos) são reinvestidos na educação pública municipal.
Participe desta campanha.

Faça sua parte e seja você também um Cidadão Nota 10!
 
 

COMO VOCÊ PODE CONTRIBUIR – EM CASA – COM O DESEMPENHO ESCOLAR DO SEU FILHO



     1.       Cobre as obrigações do seu filho

·                               Garanta que ele vá à escola na hora certa.
·                                Faça perguntas para descobrir se ele presta atenção nas aulas.
·                                Ensine-o a respeitar os professores, os funcionários e os colegas.
·       Confira se ele faz a lição de casa diariamente.
·       Não deixe seu filho faltar às aulas sem necessidade.
Diversos estudos mostram que faltas dificultam muito a aprendizagem de crianças e adolescentes.
Quanto mais aulas um aluno perder, maiores serão as chances de ele tirar notas ruins e repetir de ano.
·       Dê livros e revistas de presente para seu filho.
·       Deixe os livros ao alcance das mãos dele.
Um dos fatores que mais influencia positivamente a aprendizagem é a presença de livros em casa. Lares modestos com mais livros produzem melhores alunos do que lares mais ricos com menos livros. Ou seja, quanto mais livros em casa, melhor será o desempenho das crianças. Mas não basta ter, é preciso ler.
·       Estimule atividades que usem a leitura: jogos, receitas, mapas.
·       Faça da leitura um momento de prazer – pode até estourar pipoca.
·       Ensine-o a emprestar livros aos amigos e a pedir emprestado.

2.       Converse com seu filho
·         Pergunte o que ele aprendeu no colégio e mostre-se bastante interessado.
       A participação da família contribui bastante para o aprendizado da criança. Quando os pais participam da vida escolar dos filhos, as notas aumentam em torno de 20%.
·         Proponha que ele ensine algo que aprendeu na escola. Esta é uma boa maneira para ele fixar o conteúdo.
·       Pergunte se ele tem dificuldade em alguma matéria.

3.       Dê exemplo
·         Seja coerente: suas atitudes refletem o que você pensa.

4.       Valorize a escrita
·         Tenha sempre lápis e papel em casa.
·       Escreva bilhetinhos para o seu filho. Assim, ele entenderá a utilidade da escrita.
·       Brinque de palavras-cruzadas, caça palavras, forca, stop.

·       Compre um diário e estimule seu filho a escrever recordações.
·       Peça ajuda para escrever a lista de compras, anotações em álbuns de fotografia, etc.

5.       Incentive seu filho a ler
·         Leia sempre. É bom para você e excelente para seu filho, que seguirá o seu exemplo naturalmente.
·         Leia para ele desde bebê com entonação e emoção!
Várias pesquisas comprovam que filhos cujos pais leram bastante para eles quando pequenos têm um desempenho melhor em sala de aula.

6.       Fique de olho na aprendizagem do seu filho
·         Veja se seu filho está aprendendo o que deveria na idade dele.
·       Confira sempre as notas e o boletim do seu filho
ü  Se forem ruins, pergunte ao professor como você pode ajudar
ü  Se forem boas, elogie-o para que continue assim.

7.       Acompanhe a lição de casa
·         Combine com seu filho um horário para os estudos
·         Separe um lugar da casa para o estudo e atividade de casa – deve ser o mais tranquilo possível.
·         Ofereça sempre ajuda, mas não faça a lição para seu filho.
Estudos comprovam que filhos estimulados pelos pais a estudar e a fazer as lições de casa têm um desempenho melhor. Mas atenção: estimular não é executar a tarefa pela criança. Também de acordo com pesquisas; pais que fazem isso prejudicam o aprendizado. Em resumo, acompanhe, mas não dê a resposta das lições de casa.
·         Estimule-o a pesquisar e descobrir as respostas por conta própria.

(Dicas elaboradas pela psicóloga Luciana Fevorini (CRP: 06/40510), especialista em relação família-escola)
Matéria sugerida pela Orientadora Educacional: Ana Paula dos Passos Cunha.

SIGAM AS DICAS, ACOMPANHEM A VIDA ESCOLAR DO SEU(SUA) FILHO(A) QUE O SUCESSO SERÁ GARANTIDO!!!!

Aqui tem Mais Educação!!



         O Programa Mais Educação integra as ações do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), como uma estratégia do Governo Federal para induzir a ampliação da jornada escolar e a organização curricular, na perspectiva da Educação Integral.  Por meio da Educação Integral, reconhecem-se as múltiplas dimensões do ser humano e a peculiaridade do desenvolvimento de crianças, adolescentes e jovens. (MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/Secretaria de Educação Básica/Diretoria de Currículos e Educação Integral, 2012). Em nossa unidade escolar (E.M.J.H,), dirigida por Adriana da Rocha Pires Machado, Ilda Cereja Gambini e Cintia Damasio; o Programa contempla seis oficinas com uma jornada diária ampliada de quatro para sete horas e meia, onde os alunos têm a oportunidade de participar de aulas de Dança (Monitores: Maurício e Edmar), Capoeira (Monitores: Adriano e Peterson), Futebol (Monitores: Ailton e Jackson), Leitura (Monitores: Manoella e Marlene), Matemática (Monitores: Ana Paula  e Maione), e Jornal Escolar (Monitores: Karina e Andrea) sob a coordenação da professora Marcia Rosane de Sá Martins. As oficinas acontecem dentro da escola e também em espaços cedidos gentilmente pela Igreja CEIFA, nossa grande parceira. Confira nas fotos abaixo: O Programa é um sucesso!

O subtema da Escola do 3° bimestre é: “Arte, respeito e autonomia” .



A Escola Municipal Jardel Hottz  trabalha o  Projeto anual, “Cultivando Valores para Toda Vida!” pois acreditamos que a  ação pedagógica deve ter como objetivo a formação da cidadania e o enfrentamento e superação de conflitos, com o resgate de valores de solidariedade, de respeito recíproco, retomando os princípios do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8069/90). Portanto, esse projeto visa a valorização do ser humano, resgatando a importância das virtudes como tendência para o bem, que devem ser ensinadas e partilhadas desde a mais tenra idade, levando à construção da cidadania e autonomia através da sensibilização dos alunos em contato com as artes, enfatizando a importância da boa convivência, objetivando criar um ambiente/clima agradável na escola, assim como nas demais instituições sociais, visando a contribuição para a construção de um mundo mais justo e fraterno. O subtema da Escola do 3° bimestre é: “Arte, respeito e autonomia” .

Tarsila do Amaral

terça-feira, 4 de setembro de 2012

As turmas da Tia Dilene arrasaram na reprodução das obras da pintora Tarsila do Amaral. Conheça um pouco mais dessa artista consagrada! 
Tarsila do Amaral foi uma das mais importantes pintoras brasileiras do movimento modernista. Nasceu na cidade de Capivari (interior de São Paulo), em 1 de setembro de 1886.

Características de suas obras

- Uso de cores vivas
- Influência do cubismo (uso de formas geométricas)
- Abordagem de temas sociais, cotidianos e paisagens do Brasil
- Estética fora do padrão (influência do surrealismo na fase antropofágica)

Principais obras de Tarsila do Amaral

- Autorretrato (1924),   - Retrato de Oswald de Andrade (1923)
- Estudo (Nú) (1923), -     Natureza-morta com relógios (1923)
- O Modelo (1923), -       Caipirinha (1923)
- Rio de Janeiro (1923)      - A Feira I (1924)
- São Paulo – Gazo (1924)    - Carnaval em Madureira (1924)
- Antropofagia (1929)     - A Cuca (1924)
- Pátio com Coração de Jesus (1921)  - Chapéu Azul (1922)
- Auto-retrato (1924)    - O Pescador (1925) 
- Romance (1925)    - Palmeiras (1925)
- Manteau Rouge (1923)     - A Negra (1923)
- São Paulo (1924)          - Morro da Favela (1924)
- A Família (1925)         - Vendedor de Frutas (1925)
- Paisagem com Touro (1925)     - Religião Brasileira (1927)
- O Lago (1928)           - Coração de Jesus (1926)
- O Ovo ou Urutu (1928)      - A Lua (1928) 
- Abaporu (1928)      - Cartão Postal (1928)
- Operários (1933)





RESULTADO DO IDEB: 6,2!!

Nova Friburgo supera obstáculos e tem resultado superior a Rio de Janeiro, Niterói e Petrópolis

O Ministério da Educação divulgou os números do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) nesta quarta-feira, 15, com o desempenho nacional das escolas municipais e estaduais. O Ideb é calculado a partir do desempenho obtido pelos alunos que participaram da Prova Brasil, para escolas municipa

is, e do Saeb, para escolas estaduais, e das taxas de aprovação, calculadas com base nas informações prestadas ao Censo Escolar 2011. Cada escola possui um Ideb e metas estabelecidas no Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) até 2021.

Em Nova Friburgo, alunos dos anos iniciais (1º ao 5°) de 35 escolas e de 7 escolas dos anos finais (6º ao 9º) do ensino fundamental fizeram a Prova Brasil. O primeiro grupo alcançou a meta estabelecida de 5,4 para 2011. O segundo grupo ficou a apenas 0,1 da meta, de 4,6, mas superou o índice de 2009, que ficou em 4,4. A média nacional dos anos finais ficou em 5,0, enquanto Nova Friburgo alcançou 5,4. Já os anos finais apresentou média de 4,1 no país, e Nova Friburgo registrou 4,5.

Em relação aos 92 municípios do Estado, Nova Friburgo ficou em 11º lugar, nos anos iniciais, situando-se à frente do Rio de Janeiro, Volta Redonda, Resende, Macaé, Petrópolis, Itaboraí, Niterói e Campos, entre outras. Já nos anos finais, Nova Friburgo ficou em 17º lugar, chegando à frente de Rio das Ostras, Rio de Janeiro, Teresópolis, Volta Redonda, Petrópolis, Macaé, Resende, Cabo Frio, Niterói e Campos, entre outras.






Dia do Folclore Brasileiro é comemorado em 22 de agosto


No dia 22 de agosto, é comemorado o Dia do Folclore. Nas escolas, os educadores aproveitam a cultura popular para complementar o aprendizado das crianças, tudo com muita diversão.


Saci Pererê, Curupira e Boto Cor-de-Rosa são personagens do Folclore Brasileiro e fizeram parte da infância de muita gente. Essas historias já começam a ser contadas nos primeiros anos escolares, são crenças, mitos, superstições que fazem parte da cultura do nosso país e que atravessam gerações.


Em uma escola de Friburgo, o folclore é lembrado o ano todo. Uma das atividades da grade são as aulas de capoeira. E, essa semana ainda tem contação de histórias e todos os alunos participam.


Veja os detalhes no vídeo.